Wishlist

You must be logged in to add items to your wishlist.

Restaurante Vito

Vila Madalena, São Paulo

Itália carnívora em S.P

Quando conheci o André Mifano, chef do Vito, tive um "bom espanto": jovem, talentoso, inteligente e irreverente - um típico exemplar de uma excelente nova "safra" de chefs paulistanos.

A pegada do Vito é uma leitura italiana de ingredientes brasileiros. Lá ele faz tudo do zero, desde o corte do animal. Ele faz bochechas de porco, uma das carnes mais gostosas que já comi na minha vida e a coisa mais simples do mundo de fazer. Para quem gosta de porco, é sensacional.

O André leva a sério as ervas, grãos e outros ingredientes, pois faz questão de usar produtos exclusivamente brasileiros – em maioria orgânicos.

Fica num lugarzinho na parte alta da Vila Madalena, intimista. O teto é de concreto e o sinal do celular não pega. Então, você vai ter a real companhia de quem for com você!

Quem vai são pessoas na faixa de 30 a 50 que gostam de comer bem. Mesmo não sendo muito barato, dois pratos e uma sobremesa não vão te matar! É um pouco abaixo do preço dos grandes restaurantes de S.P, mas não fica devendo nada para eles.

A cura das carnes é feita lá mesmo. O André estuda o tipo certo de fungo para o processo de cada tipo de carne, usa pedras de rio para preparar os fungos... tamanho é o esmero que ele tem pelo que faz.

O negócio deles são os embutidos: muitos salames e bresaolas. Tem também o corte de carne japonesa wagyu, fatiado e curado, pescoço de peru e o que você imaginar de carne de porco, a especialidade deles. São coisas que podem parecer incomuns, mas deliciosas.

Viajo highlights

O nome do restaurante é inspirado no mafioso ficcional Vito Andolini, mais conhecido como Don Corleone. A atmosfera "bandida", aliás, tem a ver com o início da carreira do chef André Mifano, como ele descreve ao blog Destemperados: "Era underground ser cozinheiro, malvisto, coisa de bandido. Nos EUA, quem assumia o fogão eram os caras recém-saídos da prisão. Por isso a cultura de tatuagens."

Mifano se refere às próprias tattoos. Ele está coberto delas e, somadas ao seu avental estampado de camuflagem, complementam muito bem sua personalidade marcante. Para ele, os chefs brasileiros deveriam parar de tentar imitar Alex Atala e encontrar seu próprio jeito de expressar sua criatividade na cozinha.

Restaurante Vito
R. Isabel de Castela, 529,
Vila Madalena,
São Paulo,
S.P. 05445-010
Patrick Assumpção Empresário, 48

More from Patrick

Um santuário de plantas

Plantarum, Distrito Industrial 2

Find out more about Plantarum…

Outro nível de churrasco

Sta. Bárbara Carnes, Morumbi

Find out more about Sta. Bárbara Carnes…

Comida transformadora

Maní, Jardim Paulistano

Find out more about Maní…

Unidos pela raiz do samba

Traço de União, Pinheiros

Find out more about Traço de União…

Um bar legal das antigas

Paribar, República

Find out more about Paribar…

Um cabarezinho em S.P

Casa de Francisca, Jardim Paulista

Find out more about Casa de Francisca…